Referendo: Edite Estrela arremata leilão quadro Graça Morais

A eurodeputada Edite Estrela arrematou hoje um quadro de Graça Morais por 4.150 euros, num leilão do Movimento Cidadania e Respons abilidade pelo Sim, realizado em Lisboa.

Um quadro de Paula Rego foi também ambicionado por muitos dos presentes m as acabou por ser arrematado por um anónimo, por 5.300 euros.

Os dois quadros desenvolvem temáticas relacionadas com a mulher e a maternidade, e faziam parte do lote de obras a leiloar para angariar fundos para apoiar uma resposta favorável à interrupção voluntária da gravidez, no referendo agendado para 11 de Fevereiro.A campanha do Movimento Cidadania e Responsabilidade pelo Sim está orçada em 246,710 euros.

Para além de quadros de Paula Rego e Graça Morais, foram leiloados obras de dezenas de outros artistas, de Carlos Botelho a Maria Keil, de Teresa Dias Coelho a Cutileiro.

Graça de Morais estava presente no leilão tendo comentado à agência Lusa que «não é obrigatório os artistas participarem». «Eu, como mulher, tenho a obrigação de lutar pelo sim e estar ao lado desta causa», sublinhou.

«Desta vez o País não pode continuar a penalizar as mulheres, é uma vergonha» afirmou a pintora, que defende esta causa porque acredita que as mulheres «têm que ser tratadas como pessoas dignas».

O número de pessoas presentes no jantar ultrapassou o limite esperado, atingindo o meio milhar de pessoas de «todas as categorias profissionais, sociais e religiosas», segundo Ana Sara Brito, uma das mandatárias do Movimento.

Apesar do leilão ter começado sexta-feira à noite prolongou-se pela madrugada de sábado. O leilão teve também um momento de humor, onde foi possível regatear na «p raça», um cartão de crédito e um chapéu para refrescar ideias.

Diário Digital / Lusa

Sem comentários:

Enviar um comentário

Enviar um comentário