POR OUTRO LADO com GRAÇA MORAIS na :2



POR OUTRO LADO na :2 Hoje ás 23:30 com GRAÇA MORAIS

Nasceu na Terra Quente transmontana e, sem saber muito bem porquê, desde criança declarou que queria ser pintora. Estudou pintura na Escola de Belas Artes do Porto mas foi na observação dos trabalhos repetidamente visitados nos museus, pelo mundo fora, que encontrou as maiores aprendizagens. As mulheres ocupam um lugar central na sua obra onde a crueza, quase a crueldade, não cedem lugar a efeitos decorativos nem a falsas bondades. Depois de ter pintado as mulheres de Cabo Verde, deteve-se no olhar azul dos homens do mar de Sines e regressou, como sempre, ao atelier na Costa do Castelo, em Lisboa, onde se isola num ambiente de silêncio.



Com as entrevistas do programa "Por Outro Lado", a jornalista Ana Sousa Dias

pretende dar a conhecer personalidades ligadas a mundos tão diferentes como as artes plásticas, a política, a ciência, o trabalho humanitário ou o desporto. O nome do programa resulta da tentativa de revelar aspectos menos públicos das figuras que já são conhecidas, mas também de levar à televisão pessoas que não surgem habitualmente na comunicação social. Ao longo dos 50 minutos do programa, a conversa acompanha o percurso do entrevistado e detém-se em aspectos particulares da sua actividade - ou das diferentes actividades que desenvolve - sempre de uma perspectiva jornalística, mas sem depender de critérios de actualidade. O registo intimista, potenciado por um cenário sóbrio e por um jogo de espelhos que mantém sempre em cena o entrevistado e a entrevistadora, não se confunde com o desrespeito pela intimidade ou a privacidade.




    12 comentários:

    1. Adorei a entrevista. Conheço muito pouco da sua pintura, mas deixou-me um desejo enorme para procurar saber mais sobre Graça Morais e a sua obra. E aqui cheguei a pesquisar... Gostei imenso deste blog, da forma diferente de divulgara pintora!

      ResponderEliminar
    2. Obrigada pelo tempo que perdeu ontem connosco. Adoro o seu trabalho e fiquei a admirá-la ainda mais. os seus olhos fazem muita diferença.

      ResponderEliminar
    3. Vi a entrevista quase toda. Mais uma vez admirei a figura da Graça Morais, pelo que ela diz, pelo que ela mostra, pelo que ela é, sem artifícios. Os quadros em que ela se transforma na mãe, e vice-versa, em que se vêm a pentear-se, são lindos.

      ResponderEliminar
    4. Sinceridade, simplicidade, sobriedade, estilo,sapiência,uma lição de estar!Mais uma vez fiquei rendido ao encanto, ao saber!

      ResponderEliminar
    5. Ola,
      que pena, não tive oportunidade de ver o Por Outro Lado desta semana...

      Só agora descobri este blog, mas já faz parte dos meus favoritos!!
      Graça Morais, é uma das minhas pintoras portuguesas favoritas! Passei a conhecer melhor o seu trabalho à relativamente pouco tempo com tive oportunidade de trabalhar no catálogo "Os Olhos Azuis do Mar"

      Parabéns Joana, pelo blog!
      ...a continuar a visitar!

      ResponderEliminar
    6. já uma vez aqui escrevi... pedi na altura ajuda porque sendo professora de pintura de ATL gostaria de no próximo ano lectivo organizar uma homenagem à pintora Graça Morais com os meus alunos.
      Já foram feitas 2 homenagens semelhante... uma ao José Guimarães e outra a Albino Moura.
      Gostaria que desta vez fosse uma mulher a ser homenageada.
      Na base destas homenagens está a divulgação da pintura portuguesa mas não costumo organizar nada sem o conhecimento e autorização da pintora ou pintor homenageado...
      Haverá uma exposição dos trabalhos em que gostaria de ter a Graça Morais presente para de sua justiça falar sobre o trabalho feito.
      Para qualquer contacto tenho o meu blog e o e-mail jessica_1958@yahoo.com ou jfsjbrito@yahoo.com.br
      ESpero poder no início de Setembro dara uma boa noticia aos alunos
      Até breve

      ResponderEliminar
    7. Olá Joana, parabéns pelo blogue e pelo que ele tem feito pela divulgação do trabalho desta fabulosa artista que é a Graça Morais.

      ResponderEliminar
    8. só hoje me é possível escrever aqui o meu obrigado - pelo que já conhecia, pelo que intuía, pelo que fiquei a admirar ainda mais.

      ResponderEliminar
    9. um dos maiores nomes e com tão poucas letras...

      ResponderEliminar
    10. Boa noite.
      è explendido poder contactar com uma pintora como a senhora por este meio.
      Também sou pintora e admiro muito o seu trabalho.
      Voltarei mais vezes
      Beijinhos

      ResponderEliminar
    11. Porquê pintar a tristeza, porquê pintar a dôr, porquê pintar a negro? Será que compete ao artista mostrar-nos a triste realidade que conhecemos ou por outro lado deve apontar-nos para algo de melhor? A Graça é brilhante mas a pintura é triste...a realidade será só tristeza e morte ou haverá algo mais? A alegria (e a tristeza) não é propriedade nem dos ricos nem dos urbanos mas sim de todos independentemente da situação social e geográfica. Parabéns Graça pelo que tens feito. O futuro apresenta-se brilhante!

      ResponderEliminar